Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

justbymartawahnon

justbymartawahnon

Just ... Benedita!

Se houvesse um livro "Como ser a Melhor Mãe do Mundo", estaria esgotado!

 

Às vezes olho para trás e pergunto a Deus o que fiz para merecer isto ... Para merecer tanto? Sou feliz, abençoada e tenho uma filha que como qualquer Mãe, adora-a com todas as forças e daria a minha vida por ela sem hesitar um segundo sequer.

CIMG0443.JPG

Um filho nunca vem em boa altura, há sempre uma desculpa, ou porque acabamos de mudar de casa, ou porque tínhamos uma viagem marcada já para não falar da razão mais preocupante e abrangente, questões financeiras, no entanto, parece que quando nascem, no momento que sentimos o seu calor, vimos as suas feições, olhamos para eles tão pequenos, indefesos, frágeis e nasce quase que automaticamente uma responsabilidade interior e um amor incondicional sem regras ou limites, sem origem nem destino, estamos apenas cientes que a partir daquele momento é para sempre, ou melhor é até quando aquele ser frágil crescer, tornar-se gente e querer partir, ainda assim, nós estaremos sempre cá, porquê? É esse o papel dos pais, não se trata de uma obrigação mas é novamente aquele amor incondicional a sobrepor-se a qualquer outra imposição possível, é uma batalha ganha no 1º round.

 

 

Hoje já dia 10 de Janeiro a minha única filha faz 11 Anos... 11 Anos... Jesus... Escusado será dizer que fico sempre um pouco nostálgica neste dia (claro que depois viro criança, talvez até mais que ela!) mas não deixo de recordar cada passo, cada momento, cada aventura, cada episodio que já vivemos. A Benedita também foi daqueles bebés que ups, oh oh, já, grávida? Ok, assim seja, claro que na altura ficámos muito felizes mas verdade seja dita e hoje em dia estamos cientes disso, não tínhamos qualquer estrutura para isso mas não me arrependo de nada! Contava o dinheiro, aguardava ansiosa pelos reembolsos da seguradora geria de todas as formas e feitios, para dar para tudo e não faltar nada; ao fim de um mês já estava a trabalhar, em parte foi um pouco loucura mas ela ficava com a minha mãe e nisso fui muito racional, porque afinal para mim era a 1ªx right, enquanto que para ela (minha Mãe) era a 3ª, por isso não havia nada com que me preocupar! 

 

t5.jpg

A minha Titolas cresceu rodeada de muito amor, hoje é uma criança feliz, sensível, teimosa que nem um alho, vence pelo cansaço, desarrumada de tal forma que me tira do sério, estilo abro a gaveta da secretária para guardar os restantes lápis e esta lá um par de ténis! Yup that's true mas ela promete que vai melhorar (hope so). Por outro lado, tem uma curiosidade imensa pela vida, quer saber tudo mas de forma tão rápida que quando respondemos já esta a perguntar outra coisa sem tempo para assimilar a anterior! That's my princess que em miudinha queria ser a típica cantora e bailarina, depois actriz e ultimamente varia entre cientista e criminalista - simple stuff ;) 

t13.jpg 

Meu amor, sê aquilo que quiseres, percorre o mundo e ganha o teu mundo, não percas os valores nem as tuas raízes, não te esqueças quem e de onde és e que terás sempre uma família à tua espera e pronta para te apoiar naquilo que decidires um dia mais tarde; ate lá, sê criança, aproveite querida é tão bom! Em tempos a Tita fez-me o mesmo pedido que a Mãe fez à Avó Rita, não queria crescer mais, infelizmente não tenho essa capacidade mas para mim você será sempre a minha princesa que eu tanto admiro, por quem eu daria a minha vida, o meu bem mais precioso.

tita 11.jpg 

Sei que só tenho uma filha e podia ter dado um mano ou uma mana à Tita, o destino assim o quis e temos que aceitar querida, mas sabe o que mais? Posso só ter uma mas tenho uma MUITO COMPLETA, com direito a tudo!

 

Muitos Parabéns meu Amor! Só lhe peço que seja Feliz!

IMG_8646.JPG

Love,

Mãe Marta

 

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.